Quais documentos preciso para declarar meu Imposto de Renda?

O prazo para a Declaração de Imposto de Renda pessoa física 2019 vai de 7 de março a 30 de abril, e neste momento surgem diversas dúvidas em relação aos documentos e informações necessários para a declaração. Separamos algumas dicas que podem ajudar neste momento.

Os documentos necessários vão variar conforme a movimentação financeira do declarante durante o ano, pagamentos e aquisições de bens, valores recebidos, despesas, doações entre outros são movimentos que devem ser declarados. De maneira geral, os documentos necessários são:

Documentos pessoais

  • RG, CPF do declarante;

  • Nome, CPF, grau de parentesco dos dependentes e data de nascimento;

  • Endereço atualizado;

  • cópia da última Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (completa) entregue caso haja;

  • Atividade profissional exercida atualmente;

  • Dados da conta bancária para restituição ou débitos das cotas de imposto apurado, caso haja.

Comprovantes de Renda fixa ou variável

  • Informes de rendimentos de instituições financeiras inclusive corretoras de valores, como extratos de contas e movimentações;

  • Comprovantes de recebimento de salários, pró labore, distribuição de lucros, aposentadoria, pensão e etc;

  • Comprovantes ou recibos de alugueis de bens móveis ou imóveis;

  • Informações, comprovantes e documentos de outras rendas percebidas no exercício, tais como rendimento de pensão alimentícia, doações, heranças recebida no ano, dentre outras;

Bens e direitos

  • Documentos que comprovem a compra e venda de bens e direitos como escrituras, notas fiscais, recibos ou contratos;

Dívidas e ônus

  • Informações e documentos de dívidas e juros provenientes de débitos contraídos e/ou pagos no período.

Renda variável

  • Controle de compra e venda de ações, inclusive com a apuração mensal de imposto ou comprovantes de rendimentos variáveis;

Pagamentos e doações efetuados

  • recibos de pagamentos ou informe de rendimento de plano ou seguro saúde pessoal ou de dependentes (com CNPJ da empresa emissora e a indicação do paciente contendo CPF);

  • Despesas médicas e odontológicas em geral pessoal ou de dependentes (com CNPJ da empresa emissora ou CPF do profissional, com indicação do paciente);

  • Comprovantes de despesas com educação pessoal ou de dependentes (com CNPJ da empresa emissora com a indicação do aluno);

  • comprovante de pagamento de Previdência Social e previdência privada (com CNPJ da empresa emissora);

  • recibos de doações efetuadas a instituições, pessoas, partidos ou candidatos políticos e etc.;

  • Guia da previdência social (ano todo) e cópia da carteira profissional de empregado doméstico;

Contar com o auxílio de um profissional de contabilidade para a Declaração pode ser fundamental, pois ele tem conhecimentos específicos que são imprescindíveis neste momento, sendo aliados dos contribuintes.


0 visualização

ACOntábil - Contabilidade em Lavras

  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
Contato
NÓS Digital | Criação de Sites em Lavras